O Brasil está entre os países do mundo que mais usa as redes sociais. Embora estes espaços nos forneçam muita diversão e até oportunidades, as redes também nos deixam muito vulneráveis a tomar golpes financeiros. E as tentativas para "fisgar" novas vítimas não param de aumentar.

De acordo com um relatório da Febraban de 2024, 36% dos brasileiros já foram vítimas de golpes ou de tentativas de golpes financeiros na internet. Por isso, é muito importante ficar atento às armadilhas que chegam até nós pelas redes sociais, como o TikTok, Facebook, Instagram e várias outras. Confira a seguir os 5 golpes mais comuns e como evitá-los.

1. Jogos para ganhar dinheiro via Pix

Tem surgido muito joguinhos, cujas propagandas são enviadas pelos redes sociais, e que prometem dar prêmios em dinheiro. A maioria deles não exige cadastro, e é instalada no celular por meio de aplicativos na Google Play e Apple Store.

Funciona assim: ao jogar, a pessoa cria uma espécie de conta virtual em que fica disponível o dinheiro que ganha em cada rodada. Ou seja, o usuário vai vencendo as apostas e "engordando" a sua conta. Só que, quando resolve retirar o valor, os problemas começam.

Algumas pessoas relatam conseguir sacar valores baixos, entre R$ 100 e R$ 200. Com o tempo, o valor mais alto fica travado, e a pessoa só consegue receber caso faça um pagamento via Pix. Muita gente acaba pagando, mas o valor prometido nunca é resgatado. A principal dica aqui é nunca acreditar em "prêmios" que exijam pagamento, por mais convincente que seja o argumento.

2. Golpe da renda extra

Outro tipo de golpe promete pagar a pessoa para curtir vídeos e avaliar estabelecimentos na internet. Os criminosos entram em contato com as vítimas por meio de aplicativos de mensagem, como WhatsApp, e oferecem uma boa grana extra caso elas executem tarefas via celular.

Da mesma forma que no golpe anterior, a pessoa recebe pequenas quantias de dinheiro pelas tarefas executadas. Mas logo começa a "pegadinha": os golpistas cobram pela realização de tarefas pré-pagas, prometendo uma valorização do dinheiro que é "investido" pela vítima a partir de uma plataforma de bitcoins.

Há gente que já relatou ter feito depósitos de mais de R$ 1 mil no intuito de resgatar seus rendimentos. Esse retorno, obviamente, nunca chega. A orientação aqui é novamente nunca acreditar em investimentos desse tipo que demandam de dinheiro das vítimas. Mas, caso caia, é preciso comunicar a fraude imediatamente ao banco para tentar reverter o valor.

3. Golpe do Pix falso

Nesse golpe, o criminoso envia um falso comprovante de Pix para a vítima, relatando que fez uma operação errada e pedindo que ela reembolse. A vítima, desavisada, acredita e envia o dinheiro para a pessoa que pede, na crença de que está devolvendo um valor que recebeu. Só depois, ao conferir o extrato, ela verifica que caiu em uma mentira.

A forma de se proteger contra esse golpe é bem simples: sempre verificar o extrato antes de fazer qualquer “devolução” de dinheiro. Assim, você nunca mais corre o risco de cair nesse tipo de armadilha.

4. Golpe do boleto falso

ambém muito comum, o golpe do boleto falso é mais difícil de reconhecer. Nele, o criminoso envia para a vítima um boleto por e-mail ou WhatsApp. A ideia é convencê-la de que você está com uma pendência de alguma conta que já paga - como da energia elétrica, por exemplo.

Sem notar, a vítima paga o boleto e cai na fraude, pois não se dá conta que se trata de um boleto falso. A forma de não cair nessa cilada é sempre conferir quando receber algum boleto estranho, nem pagar nada que você desconfie antes de confirmar com o seu banco.

Você também pode ativar o serviço do seu banco para que sempre avise quando há um boleto com o seu CPF pendente de pagamento. Dessa forma, você tem uma segurança a mais de que não vai acreditar em boletos falsos.

5. Phishing

O phishing é um tipo amplo de golpe, e que envolve o envio de alguma “isca” para fazer com que a vítima clique em um link falso. Pode ser, por exemplo, um anúncio de um produto muito barato, ou então um e-mail ou SMS comunicando alguma dívida desconhecida. Ao clicar, a pessoa cai na fraude e tem os seus dados roubados.

Mais uma vez, a melhor forma de se prevenir é a desconfiança. Jamais clique em links com promessas que parecem muito boas para serem verdades, ou que comuniquem situações que você não conhece. Instrua também os familiares, principalmente os mais velhos, para que jamais cliquem em nada do qual não sabem o que se trata.

O artigo "Jogos para ganhar dinheiro via Pix? Conheça os 5 golpes mais comuns" foi escrito por Maura Martins e publicado pelo Blog TECMUNDO. Disponível em: https://www.tecmundo.com.br/seguranca/284852-jogos-ganhar-dinheiro-via-pix-conheca-5-golpes-comuns.htm

Tags: Golpes
Ataques Hackers
15 de jul. de 2024
Constituição de Cibersegurança
10 de jul. de 2024
Segurança da Informação
2 de jul. de 2024
Segurança da Informação
28 de jun. de 2024
Segurança da Informação
25 de jun. de 2024
Golpes Digitais
20 de jun. de 2024